Como fazer o Blog crescer: 7 Dicas infalíveis

Se estás neste momento a ler esta publicação, provavelmente sentes que o teu blog está estagnado. Mas não desanimes!

Todas os blogs passam por momentos assim. Sei bem como é estar entusiasmada quando criamos o nosso blog e depois não conseguimos obter o retorno que esperávamos.

Os leitores são poucos, as visualizações igualmente baixas, os comentários são quase nulos… Mesmo aplicando todo o nosso amor no nosso projeto, sentimos que está a ser em vão. 

Mas a verdade é esta: nem sempre é fácil ganharmos o nosso espaço na Internet. E a cada dia que passa, cada vez é mais difícil, quando existem milhares de blogs num mundo tão saturado como este.

No entanto, acredito que há lugar para todos. Sim, somos tão diferentes que se colocarmos o nosso cunho pessoal, mais cedo ou mais tarde haverá reconhecimento.

Mas não basta esperar, não basta dedicarmos horas a fio a criar publicações de qualidade. Há que saber utilizar algumas estratégias a nosso favor. Não é 100% garantido que o teu blog dê um pulo, mas certamente vai ajudar imenso no seu crescimento.

Como fazer o blog crescer

1- Constrói a tua imagem de marca 

Quando falo em imagem de marca, falo da tua identidade visual. Ou seja, o teu blog deve ter uma identidade única, para que quando o leitor entre nele, consiga associá-lo automaticamente a ti.

Tudo deve estar agradavelmente em comunhão. Desde as cores, à tonalidade das tuas fotos. Desde a maneira como apresentas os teus textos, ao layout em geral.

Tudo deve-se complementar e conjugar perfeitamente. A velha máxima dos “os olhos também comem!” é crucial num blog.

Afinal de contas, os blogs devem ser agradáveis ao leitor e é sempre a primeira impressão que fica! 

2- Não te dediques apenas a 100%. Dedica-te a 500%! 

Esta dica é bem velhinha e já deves estar farta de saber. No entanto, não há crescimento sem dedicação, sem empenho e horas perdidas num blog.

Num mundo tão saturado, tens de ser capaz de trazer algo diferente e único para te conseguires destacar! Pode ser pela tua escrita, pelos teus conteúdos ou até mesmo pela tua imagem de marca. O que conta é o “poder de diferenciação“.

Mas nem sempre é fácil e a falta de tempo é muita. O conselho que te dou é: organiza-te o melhor que conseguires!

Na tua agenda estipula umas horinhas para te dedicares ao blog. Podes aproveitar os fins de semana para fazer os posts e publicares ao longo da semana, ou então se preferires, aproveitares aqueles furinhos ao fim do dia para criares conteúdo.

Tudo vai depender da forma como mais gostas de te organizar. No entanto, não te esqueças de uma coisa: não te leves há exaustão para cumprires o calendário do teu blog.

Ele deve ser algo prazeroso e não algo que te sintas pressionada para fazer. Nunca te deixes consumir pelo teu blog!

3- Investe no teu blog

Esta é uma realidade que muitas bloggers desconhecem. Para o fazeres crescer, tens de o tornar apetecível para os teu leitores e para que o consigas fazer, precisas de um layout mais “profissional” para o conseguires. Já aí, estás a investir…

Precisas também de um domínio próprio e que seja sempre teu. Mais outro investimento.

Caso queiras alojar o teu blog numa plataforma externa , precisas de gastar mais uns euros por ano. No entanto, quando falo em investir, falo para quem quer tornar o blog mais profissional.

Se levas ele como apenas um hobbie, não precisas de investir propriamente em nada. Mas que estes pequenos investimentos ajudam, lá isso ajudam

4- Aprende técnicas de SEO

Para seres visto, tens de ser encontrado. É assim que funcionam as publicações de um blog.

Ao aprenderes algumas técnicas de SEO, vai conseguir impulsionar muito mais os teus textos e posicioná-los melhor nos motores de buscas. Quanto melhor posicionados, mais probabilidade vão ter de ser encontrados pelos leitores e mais visitas terás no teu blog.

Aqui no blog encontrarás muita informação sobre SEO que te pode dar imenso jeito. 

5- Inspira-te!

Não há escrita sem inspiração, como também não há blogs sem ideias! E esta procura de novas ideias pode ser extenuante, se não conseguirmos fazer uma “pausa” para olhar em redor.

Há tanta coisa que nos pode inspirar para fazermos as nossas publicações… O nosso dia a dia está cheio delas. No entanto, estamos tão concentradas nos problemas diários, que não conseguimos olhar à nossa volta. 

Para! Respira! Observa! Lê! Saí! Passeia! Inspira-te! 

Podes ainda utilizar plataformas como o Pinterest para te ajudar.

6- Email- Marketing

Pode parecer uma coisa do passado, mas enviar emails aos leitores é a via mais rápida e direta para que o teu blog cresça.

Cada vez mais ouvimos falar dos algoritmos das redes sociais e de como estão a prejudicar imenso a chegada dos conteúdos ao nosso público. Com o email-marketing isso não acontece.

Tens a tua lista de contactos e a partir dela podes construir uma relação de proximidade com os teus leitores. Apesar de teres uma conta numa rede social, não quer dizer que ela é tua. Em qualquer momento podes perde-la e ficar sem os leitores que conseguiste com tanto esforço.

Com uma lista de email isso nunca te acontecerá. 

Mas atenção, desde 25 de Maio de 2018, foi implementado um novo regulamento de proteção de dados que deves saber, para que possas estar em conformidade com isso.

7- Divulga-te!

A divulgação é tudo num blog! Deves aproveitar todas as redes sociais para promover os teus posts. Facebook e Instagram  são boas ferramentas para o fazeres. No entanto, não são as únicas.

Tenta socializar com outros blogs, lendo e comentando com fundamento. Participar em grupos do facebook que permitem a partilha dos teus posts. Apesar de não ser a forma de divulgação que mais gosto, pois a grande maioria acaba por ser um deposito de links, haverá sempre uma ou outra pessoa que acaba por ler.

Utilizar o e-mail marketing é outra boa aposta, bem como os guest post! Mas não há melhor divulgação do que o “passa a palavra“.

Fala do teu blog a amigos, vizinhos, colegas de trabalho, etc. Pede que visitem e partilhem a publicação caso tenham gostado.

Por vezes são essas pessoas mais próximas a nós, que ajudam a impulsionar o crescimento do blog.